[Slow Travels] Havana – Cuba

Há 3 anos, visitei Cuba pela primeira vez (entretanto já regressei por 2x), de todos os países que tive oportunidade de visitar, esta ilha tem, de facto, algo de único, algo de especial e, sobretudo, algo de mágico…foi amor a primeira vista!

Para visitar Cuba, é necessário despirmos nos dos valores e conceitos da cultural ocidental, é preciso, fazer um reset e deixarmos nos levar pelos seus charutos, pelo seu rum, pelos seus edifícios coloniais em degradação que são magníficos, pela sua gente, pela sua comida e pela sua música.

Quando planeava as férias disseram-me, “Nyce, o básico para fazeres em Cuba é Havana e Varadero”, mas logo no primeiro dia soube que não seria suficiente por isso adicionei ao plano original, Santa Clara, Remédios e Cayo Santa María. “Foi suficiente? Não, acho que só ficaria satisfeita se passa-se uns três meses, com mochila nas costas e a percorrer a ilha de norte a sul”

Havana, acabou por ficar gravada na minha memória, cada vez que penso na ilha dos irmãos Castros é impossível não pensar na beleza indescritível da sua capital.

Em Havana, fiquei no Hotel Nacional, foi uma estadia não planeada, inicialmente tinha reservado o Tryp Habana Libre, o preço era mais acessível e o lobby do hotel era maravilhoso, com muitas fotos do dia da revolução, todo o hotel emanava o espírito revolucionário, o quarto ficava no 18º andar e tinha uma vista magnífica, os moveis apesar de restaurados mantinham o charme dos anos 50, este hotel é uma autêntica viagem ao passado…maravilhoso!

hotel-tryp-habana-libre-la-habana-010

Mas eu não sei viver sem internet “Shame on me”, por  isso quando soube que o único local com acesso era o lobby e ainda assim teria que pagar 25cuc, arrumei os “tarecos” e lá fui eu para o Hotel Nacional. Encontrei um hotel carregado de história e simbolismos, com uma galeria de fotos de personalidades conhecidas desde presidentes, actores e músicos, que já tinha  passado pelo hotel, mas o que me conquistou foi a magnífica vista para o Malecón, o famoso “calçadão” de Havana.

 

Fui muito bem recebida, o chef do staff, Pablo, era fã do Dr.Agostinho Neto e ao perceber que sou angolana, tratou-me como uma princesa, foi encantador ver o seu nível de conhecimento geral, de geografia, de história e de lógica, no final  ainda ofereceu me uma garrafa de Havana Club 15 anos (a melhor parte da viagem!!).

havana1

Depois de ultrapassado o jet lag, disse ao Pablo “quero conhecer a tua havana”, ele falou com os seus sobrinhos, Ruan e Diego, motoristas cocotáxis, para andarem connosco durante os quatro dias.

Foi lindo descobrir a Cidade Velha e ter o relato na primeira pessoa do que é ser cubano, eram frequentes as “sentadas” na cidade vieja, entre piña coladas, mojitos e muita música cubana, acabei por também ir visitar sítios mais turísticos, fui a Bodeguita del Medio (que não me surpreendeu), o Museu da Revolução, Plaza Vieja, Plaza de Armas, Plaza de la RevoluciónPlaza de la Catedral e para fechar com chave de ouro fomos ao Tropicana, “Adorei, recomendo a 100%”

A pobreza é um elemento constante, é normal sentirmos nos tentados a dar dinheiro, principalmente quando descobrimos que o salário mínimo são 12 cuc (aprox 10€), foram vários os momentos em que me deparei com este cenário, mas o mais marcante foi sem dúvida com a María, que conheci numa ruela próximo da bodeguita del medio. María uma senhora de idade, de uma extrema magreza, com a roupa muito suja, exibia uma bonita coroa de flores vermelhas, pediu-me para comprar-lhe um charuto, “sólo 2 cuc”, comoveu-me, comprei o charuto e decidi dar-lhe 30 cuc, aproximadamente 3 meses de ordenado.

Despedi-me, “Mucha surte María”, segurou-me as mãos, olhou para o céu, olhou para mim e disse, “gracias dios por enviarme a mi angelita”, partiu-me o coração!!!

havana faces

Havana é isso um misto de emoções…uma cidade degradada que parou no tempo mas cheia de história, com gente alegre, simpática, humilde e muito culta.

Super recomendo!

Nyce

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s